Atos dos Apóstolos 1,12-14

PRIMEIRA PARTE

A IGREJA DE JERUSALÉM (1,12-7,60)

O Colégio Apostólico (1,12-14)

12-14: “12Voltaram eles então para Jerusalém do monte chamado das Oliveiras, que fica perto de Jerusalém, distante uma jornada de sábado. 13Tendo entrado no cenáculo, subiram ao quarto de cima, onde costumavam permanecer. Eram eles: Pedro e João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelador, e Judas, irmão de Tiago. 14Todos eles perseveravam unanimemente na oração, juntamente com as mulheres, entre elas Maria, mãe de Jesus, e os irmãos dele.”

São Lucas menciona os Apóstolos, com exceção de Judas Iscariotes. E, vemos aqui, a primeira notícia sobre a vida espiritual e piedosa dos discípulos. Eram assíduos na oração. A oração era então, como hoje, a única arma, o meio mais poderoso para vencer nas batalhas da luta interior.

Aqui, todos são atraídos pela figura de Maria, que ocupa o centro espiritual do local. Está, aqui, sendo apontado a maternidade que a Virgem exerce sobre toda a Igreja. E o Papa Paulo VI (12/11/1964), proclamou solenemente Maria, Mãe da Igreja.

‘Irmãos’: Nos idiomas antigos hebraico, árabe, aramaico etc…, não havia palavras concretas para indicar os graus de parentesco que existem noutros idiomas mais modernos.