DOUTRINA (2)

CRISTO JESUS

Evoca-se a figura do Cristo sofredor, aludindo àqueles “que O transpassaram[1], mais adiante fala da Grande Cidade “onde o Seu Senhor, foi crucificado[2]. Recorda-se o sangue redentor de Cristo[3], na figura do Cordeiro, que aparece como “imolado[4], vítima do sacrifício por excelência. Mas, predomina o aspecto glorioso do Senhor que está no trono sobre o Monte Sião, donde flui o rio de água da vida[5]. Ele apascentará e guiará o Seu povo, acompanhado pelos vencedores[6]. Será combatido, mas vencerá seus inimigos[7]. É digno de receber o poder e a glória, de ser adorado pela criação inteira[8].

Jesus, recebe o título de Filho do Homem, recebendo o domínio e poder sobre todas as nações e línguas[9]. É “Rei dos Reis[10], está acima dos anjos e recebe adoração que só compete a Deus[11]. É atribuído a Cristo, títulos e prerrogativas divinas[12]. É apresentado, como o Verbo de Deus e ensina-se a divindade de Jesus Cristo[13].


[1] Ap 1,7.

[2] Ap 11,8.

[3] Ap 7,14; 12,11.

[4] Ap 5,12; 22,14.

[5] Ap 14,1; 5,6; 22,3; 22,1.

[6] Ap 7,17; 5,14.

[7] Ap 17,14.

[8] Ap 5,12; 7,1; 13,8.

[9] Dn 7,13-14; Ap 1,13-16.

[10] Ap 17,14; 19,12-16.

[11] Ap 1,1; 22,6; 19,10; 22,8-9.

[12] Ap 1,18; 3,7; 5,13; 22,1-3.

[13] Ap 19,13; Jo 1,1-14; 1Jo 1,1.