LOUVAR, REVERENCIAR E SERVIR

Iniciação à experiência dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio e Princípio & Fundamento

29º EXERCÍCIO – 29 de Julho de 2020

Não é fácil “louvar” e “bem-dizer” (dizer bem!) sempre e todos. Há pessoas que passam pela vida praguejando e maldizendo (dizendo mal!) os outros.

O “Reverenciar” tem a ver com respeito e educação. O contrário é a prepotência e a manipulação; um Deus nos acuda! Quem não se inclina diante de Deus, nunca o fará diante dos outros, para ajudar e melhor servi-los…

  • Entro na oração. Pacifico-me, respiro em profundidade, lentamente. Penso no meu encontro com o Senhor e faço o sinal da Cruz sobre o meu corpo.
  • Oração preparatória. Meu Deus, que todos os meus pensamentos, desejos e ações estejam ordenados unicamente ao vosso serviço e louvor. Amém! E peço a graça própria deste exercício: a de glorificar a Deus com minha vida.
  • Leio com fé o Salmo 144 (145),10-13.
    • Deixe passar, pela sua memória, as obras do Senhor, Pai Criador. Olhe para sua história e perceba quão grande é a Sabedoria de Deus!… A vontade de Deus é que todos tenham vida e vida em abundância. E assim damos glória a Deus criando fraternidade e favorecendo a natureza e a vida.
    • Em que momentos glorificou o Senhor? Lembre que a glória de Deus é o homem vivo!… (S. Irineu de Lyon) e glorificá-lo é reconhecer que Ele é Pai e que tudo procede dele…
    • Tem ajudado as pessoas a descobrirem sua vocação à vida?
    • Como tem glorificado a Deus com a sua vida?
  • Faça o colóquio final do seu exercício. Diga ao Senhor os motivos que tem para louvar, reverenciar e servir… Essa é sua e nossa vocação! Se a Criação deteriorada o (a) “comove”, é mais uma razão para se “mover” e sair do seu lugar e restaurá-la… “Comover-se” é pôr-se em “movimento” e ir ao encontro dos que mais precisam.
    • Dialogue com o Senhor, de amigo a Amigo, sobre aquilo que mais sentiu e o (a) tocou neste momento de oração. Reze o Pai Nosso e saia suavemente da oração.
  • Revisão da oração. Reveja como se sentiu neste exercício e anote no seu caderno de vida: data de hoje; versículo ou palavras que mais o (a) tocaram; sentimentos experimentados (Consolado? Desolado?…); apelos sentidos; dificuldades ou resistências encontradas…
Fonte: Centro de Espiritualidade Inaciana – ITAICI, Vila Kostka