O SENHOR É FIEL

Iniciação à experiência dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio e Princípio & Fundamento

30º EXERCÍCIO – 30 de Julho de 2020

As pessoas são instáveis e, por vezes, até traidoras, rompedoras de alianças que achávamos serem eternas… Quanta dor e frustração na história de muitos!

Nos contratempos da vida, facilmente nos sentimos sozinhos e como abandonados por Deus e pelos outros. Façamos desses momentos de maior frustração tempos de glória e iluminação. Deus estava e está sempre conosco.

Neste exercício, queremos sentir e confessar que Deus é fiel à sua aliança. Eu estarei convosco até o fim dos tempos… Nada  pode separar-nos do amor de Deus, nem a vida nem a morte, dizia o velho Paulo (Rm 8, 31. 35), pois em Jesus fomos salvos e amados. A aliança de Deus é para sempre!

  • Entre na oração. Pacifique-se e respire em profundidade, lentamente. Pense no seu encontro com o Senhor e faça o sinal da Cruz sobre o seu corpo. Coloque-se confiante na sua presença.
  • Oração preparatória. Meu Deus, que todos os meus pensamentos, desejos e ações estejam ordenados unicamente ao vosso serviço e louvor. Amém!
  • Graça a ser pedida neste exercício: Deus é pai e está sempre conosco! Renove sua aliança com o Senhor.
  • Leio com fé o Salmo 144 (145), 13-21).

Procure olhar a história da sua aliança com Deus… Quando começou? Onde?… Você foi fiel a essa aliança? Infiel? Deus nunca rompeu a sua aliançacom você.Olho para Jesus e procuro “vê-Lo” em sua vida terrena… O que Ele diz? O que Ele faz?…

  • O que o Senhor tem-lhe sugerido nos últimos tempos?  O que lhe tem prometido? Tem percebido Sua fidelidade? Em que situações?
  • Procure recordar os apelos do Senhor para consigo, nos últimos tempos. Ele quer o melhor para você, para que seja melhor filho e irmão… Como tem respondido a esses apelos?
  • Tem percebido que o Senhor sustenta sua caminhada? Tem recorrido com confiança a Ele?

Faça o colóquio final do seu exercício. Diga ao Senhor os motivos que tem para louvar, reverenciar e servir… Essa é sua e nossa vocação! Se a Criação deteriorada o (a ) “comove”, é mais uma razão para se “mover”, sair do seu lugar e restaurá-la… “Comover-se” é pôr-se em “movimento” e ir ao encontro dos que mais precisam.  Dialogue com o Senhor, de amigo a Amigo, sobre aquilo que mais sentiu e o (a ) tocou neste tempo de oração. Reze o Pai Nosso e saia suavemente da oração.

Revisão da oração. Reveja como se sentiu neste exercício e anote no seu caderno de vida: data de hoje; versículo e palavras que mais o (a) tocaram; sentimentos experimentados (Consolado? Desolado?…); apelos sentidos; dificuldades ou resistências encontradas…

Fonte: Centro de Espiritualidade Inaciana – ITAICI, Vila Kostka