DEUS É SANTO

Iniciação à experiência dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio:

Princípio & Fundamento

27º EXERCÍCIO

Santidade é estar unido a Deus Pai em Cristo Jesus pelo Espírito Santo de amor. Sede santos porque eu, o Senhor vosso Deus, sou Santo! (Lv 19, 2).A santidade pouco tem a ver com a perfeição, pois ela acontece com pessoas limitadas e imperfeitas. Quem ama é santo!

A Santíssima Trindade é o relacionamento perfeito no amor. Ser santo é buscar a libertação e a vida para o nosso próximo. Não se trata tanto de uma preocupação consigo mesmo (perfeição), mas com o outro (misericórdia). Quem se preocupa com o outro está cheio de Deus. Na verdade o endereço do Deus da santidade está no coração daquele que precisa do nosso amor, da nossa caridade, ou seja, da nossa misericórdia capaz de ajudá-lo a ter mais vida, a ser mais gente, a viver aquilo que ele realmente é: imagem e semelhança de Deus.

  1. Entre na oração. Pacifique-se e respire em profundidade, lentamente. Pense no seu encontro com o Senhor; faça o sinal da Cruz sobre o seu corpo e coloque-se na sua presença.
  2. Oração preparatória. Meu Deus, que todos os meus pensamentos, desejos e ações estejam ordenados unicamente ao vosso serviço e louvor. Amém!
  3. Graça a ser pedida neste exercício: Senhor, abre meu coração para amar as pessoas mais necessitadas… Que eu vá até às periferias existenciais!
  4. Leia com fé o texto de Isaias 6, 1-8. Todos somos chamados, vocacionados para a santidade. Contemplar a santidade de Deus, como Isaias, implica também numa missão: Vai, eu te envio!
  5. Faça o colóquio final do exercício. Você foi chamado para ser santo e viver no amor. Deus é “santíssimo” porque seu amor para conosco não tem fim. Agradeça por tanto amor e peça que ele o (a ) invada e crie em você gestos de serviço e ajuda para os que mais precisam.  Dialogue com o Senhor, de amigo a Amigo, sobre aquilo que mais sentiu e o (a) tocou. Reze o Pai Nosso e saia suavemente da oração.
  6. Revisão da oração. Reveja como se sentiu neste exercício e anote no seu caderno de vida: data de hoje; versículo e palavras que mais o (a) tocaram; sentimentos experimentados (Consolação? Desolação?…); apelos sentidos; dificuldades ou resistências encontradas…
Fonte: Centro de Espiritualidade Inaciana – ITAICI, Vila Kostka