O MISTÉRIO DO MAL NO MUNDO…

Na nossa vida há um mistério imenso: a presença do mal rompe os relacionamentos de filiação e fraternidade queridos por Deus e por todos nós. Há progressos louváveis na história, mas a maioria das pessoas ainda sente medo e até desespero para viver com dignidade. A cultura do descartável e da exclusão dos diferentes é desumana e pecaminosa.

Nessa situação, criamos uma tirania invisível, onde a competição não conhece limites. O individualismo, o relativismo e o fundamentalismo nos ameaçam continuamente (Evangelii Gaudium, 52-75). O “Jardim do Paraíso”, querido por Deus para todos, parece irremediavelmente perdido.

  1. Coloque-se na presença de Deus, Pai Amoroso, que quer vida plena para todos os seus filhos… Marque também, agora, o seu corpo com o sinal bendito da cruz. Você foi batizado em nome da Trindade e pertence a Jesus.
  2. Oração preparatória. Peça a graça para que todas as suas intenções (pensamentos), ações e operações (sentimentos) sejam puramente ordenadas a serviço e louvor de sua Divina Majestade…
  3. Recomponha-se, vendo com a imaginação, este mundo quebrado em que estamos mergulhados. Mundo ferido gravemente, mesmo assim amado imensamente por Deus. Veja também tantas pessoas, aprisionadas, sem liberdade, sozinhas e desterradas, sem alguma dignidade… Depois, peça a Deus que lhe inspire vergonha e confusão por esta situação desumana, caótica, de pecado, presente em tantas instituições e no coração de muitas pessoas. Para muitos ficou impossível amar e ser amado.

Rememore, agora, as situações de pecado (guerras, violências, injustiças, mortes, miséria…) e de esperança (amor, doação, verdade, união, paz, beleza…) no mundo, e as que você viu ou ouviu ultimamente nos meios de comunicação. Utilize o mapa-múndi da página seguinte, para escrever nele (continentes e países) as situações de pecado encontradas (ocorrências negativas e de morte) e as positivas (trazem esperança e vida). E à medida que as escreve, implore de Deus o dom do amor, do perdão e da paz.

Deus é AMOR e deseja um mundo de irmãos para todos.

Mapa-múndi da morte e da vida… (Escreva no mapa as situações de vida e de morte que você conhece e acontecem nesses países ou continentes…)

  • Leia, só agora, com fé e medite, no livro do Apocalipse 3,14-22 (usando a memória e o entendimento para mover positivamente a sua vontade…):
  • Conheço tuas obras; tu não és nem frio nem quente… Estou para te vomitar de minha boca!
  • Tu és um infeliz, miserável, pobre, cego e nu…
  • Reanima, então, o teu zelo e converte-te!
  • Colóquio. Imagine Cristo, Nosso Senhor, sobre a cruz e diante de você e faça um colóquio, perguntando-se como Ele, sendo o Criador, fez-se homem e, eterno, chegou à morte temporal, para morrer pelos desvarios e pecados humanos. As situações de violência e morte acabam com o sonho de Deus. Igualmente, pergunte-se sobre o que tem feito por Cristo, o que faz por Cristo e o que deve ainda fazer por Cristo daqui por diante…
  • Revisão da oração: Anote no seu caderno de vida como se sentiu neste exercício: Versículo ou palavras que mais lhe tocaram; sentimentos experimentados (Consolação? Desolação?…); apelos; dificuldades ou resistências encontradas…

Depois, responda: Que fiz?… Que faço?… Que poderia fazer… diante dessa situação?

Fonte: Centro de Espiritualidade Inaciana – ITAICI, Vila Kostka