Distinguir

Mc 12,13-17

No Evangelho de hoje, contemplamos a cena do imposto devido a César; tentam surpreender Jesus, que responde: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. Sabemos fazer esta distinção? Devemos trabalhar a capacidade do discernimento, com escolhas que levam à vida, com decisões que brotem de um coração humilde, atento à Vontade de Deus. Tantas coisas nos são oferecidas, devemos usar daquelas que mais nos aproximam do bom caminho, da verdade e da vida.

“Quando Deus e a sua vontade ocupam o centro da nossa existência, todas as outras coisas, pessoas ou situações ocupam o seu justo lugar em nós e podemos viver em paz e harmonia” (passoarezar.net)