Testemunhar

Mt 17,22-27

No Evangelho de hoje, testemunhamos a resposta de Jesus a Pedro, sobre a cobrança dos fiscais, que vieram cobrar o imposto do Templo: …pega então a moeda e vai entregá-la a eles, por mim e por ti. Aprendemos aqui o dom do discernimento, pois, uma cobrança nestes níveis, gera conflito frente a nossa vontade, devemos agir com prudência e paciência, evitar escândalos. Em comunhão com Deus, busquemos a paz interior, diante das situações que aparecem em nossas vidas. Que seja feita a vossa vontade.

O didracma: Moeda equivalente ao tributo que deviam pagar anualmente todos os Judeus ao Templo de Jerusalém. Correspondia mais ou menos a jornada de um operário. O estáter de que fala Jesus (v.27) era uma moeda grega equivalente a dois didracmas.

Vemos aqui a exatidão com que o Senhor quis cumprir os deveres de cidadão. Tenha-se em conta que, embora o imposto da didracma fosse de índole religiosa, contudo, pela constituição teocrática de Israel naquele tempo, o pagamento deste tributo implicava também uma obrigação de ordem cívica.