FILOSOFIA ANTIGA PERÍODO: Séc. VI aC a Séc. II-III dC. PRINCIPAIS AUTORES: Tales, Heráclito, Pitágoras, Parmênides, sofistas, Sócrates, Platão, Aristóteles, estóicos, epicuristas, Cícero, Sêneca, Plotino PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: Superação do Mito / Leitura Racional do Mundo / Valorização do homem; DESTAQUE: Idéias FILOSOFIA MEDIEVAL PERÍODO: Séc. II-III DC a Séc XV PRINCIPAIS AUTORES: Clemente, Orígenes, Gregório de Nissa, Agostinho, Anselmo ...

Partindo da frase de Heráclito: Physis kryptesthai phileî, nos aponta o pensamento para a compreensão da natureza mesma do ser, onde o “surgir favorece o desenvolvimento do encobrir, e o encobrir favorece o surgir”. Surgir e encobrir favorecem-se mutuamente, cada qual possibilitando o outro. O fragmento de Heráclito promove a circularidade do “aparecer”, “gostar”, “encobrir”, e só através dessa relação ...

Introdução: Sócrates à Relação que estabelece é puramente intelectual. Seu conhecimento é vivo (experiência da vida cotidiana). Cria o princípio que nada sabe. Desperta as consciências adormecidas. É tido como subversivo e deve morrer. O lugar da Filosofia é a praça pública. Filosofia: etimologia: passagem do mundo mítico para a consciência racional “Amor à sabedoria”. Filosofia não é um saber: ...

Esclarecimento é a saída do homem de sua menoridade (incapacidade de fazer uso de seu entendimento sem a direção de outro indivíduo). Sendo que o homem é o próprio culpado pela sua falta de decisão e coragem. Uma das grandes causas: preguiça e a covardia. Hoje em dia as facilidades das coisas não me obrigam a pensar é mais fácil ...

1. A Filosofia e sua vivência: Mais que qualquer outra disciplina precisa ser vivida. Vivência: significa o que estamos verdadeiramente sentindo. Ex.: de Estudar e Observar. Para vivê-la é indispensável entrar nela como se entra numa selva, para explorá-la. Mas, viver a realidade filosófica, é algo que só poderemos fazer em certos números de questões e certos pontos de vista. ...

Os homens são os únicos seres que possuem a razão, capacidade de relacionamento e também ir além da realidade imediata. Os homens em contato com esta realidade, apreendem esta realidade e confrontam com o seu eu, sua cultura, sua história, e nesta relação, como seres pensantes, se estrutura o conhecimento humano. Já o processo do conhecimento mostra aos homens que ...